Além do prato: a relação da nutrição com o meio ambiente


Como nutricionista entendo que a saúde do corpo está intimamente ligada à saúde do planeta. Desta forma, praticar e promover o cuidado com o meio ambiente faz parte do meu dia a dia.


Esta relação passa pelo prato, claro, por meio do consumo prioritário de alimentos in natura e minimamente processados, a base de vegetais.


Passa também pela feira, onde o pequeno produtor é valorizado e onde encontro alimentos orgânicos. Conhecer a pessoa que planta os alimentos que você vai consumir é gratificante. Além disso, a feira traz mais conexão com o alimento de verdade e por esse motivo é tão importante levar as crianças para a feira também. Escolher uma espiga de milho na feira é muito diferente da relação do consumidor com uma lata de milho no supermercado, por exemplo. O hábito de ir a feira, além de muito saudável ajuda a diminuir os intermediários entre o produtor e o consumidor, valoriza a agricultura familiar e garante alimentos mais frescos na mesa. O ganho é de todos.


A responsabilidade ambiental passa também pela forma como tratamos o planeta Terra por meio de nossas ações do dia a dia, além do prato. O descarte adequado do lixo, o uso responsável dos recursos naturais, a preocupação com a emissão de gases poluentes etc.


Uma prática relativamente simples e sustentável é a compostagem, que ajuda a reduzir o lixo orgânico, transformando-o em adubo, para ser utilizado em hortas e jardins. A compostagem pode ser feita em residências e estabelecimentos comerciais, mas, para aqueles que não querem fazer o procedimento por conta própria, também há empresas que coletam resíduos orgânicos periodicamente por meio de um plano de assinatura.


Outros recursos interessantes são as cisternas para coleta de água da chuva, que pode ser tratada para ser utilizada para fins diversos, como lavagem de pisos, roupas e veículos, irrigação de áreas verdes, descarga e enchimento de piscinas.


A geração de energia através da luz solar é de longe a mais conhecida e acessível das opções de energia renovável disponível tanto para residências quanto para empresas. Recentemente, devido à perspectiva de economia doméstica, com retorno do investimento em 3 a 5 anos, muita gente tem procurado esta solução.

O uso de alimentos como matéria prima para confecção de embalagens sustentáveis é mais uma forma de diminuir o impacto ambiental. Substratos vegetais como extrusado de milho, palha de trigo, fibra de coco, fibra de bambu, fécula de mandioca, raiz de cogumelos e bagaço de cana de açúcar podem ser utilizados na produção de embalagens biodegradáveis e compostáveis. Esses materiais já são utilizados na fabricação de marmitas, copos e recheios de embalagens de delivery.


Quando passamos a nos preocupar com o impacto das nossas ações no meio ambiente, cada vez mais entendemos que muitas mudanças são necessárias. Apesar de algumas iniciativas sustentáveis ainda estarem fora do alcance de todos, devido ao seu custo elevado e falta de acesso, grande parte dessas mudanças estão ao nosso alcance. Comece hoje mesmo a repensar sua pegada ambiental e tomar as atitudes que sejam possíveis para você!


Referências


FLUTURE, Letícia. A importância da Bio Pack para o meio ambiente. Disponível em: https://blog.agatamarket.com/biopack/ Acessado em 16/10/2022.


GUERRA, Bruna. Embalagens sustentáveis: o que são, exemplos, vantagens e importância. 12/05/2020. Disponível em: https://meiosustentavel.com.br/embalagens-sustentaveis/ Acessado em 16/10/2022.


Ipê sustentabilidade. Disponível em:https://ipesustentabilidade.com.br/serviços Acessado em 16/10/2022.


MINISTÉRIO DA SAÚDE. Guia alimentar para a população brasileira. Brasília – DF, 2014. Disponível em:

https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf Acessado em 16/10/2022.


TERRAW. Tipos de embalagens para delivery. 07/10/2020. Disponível em: https://terrawembalagens.com.br/blogs/blog-terraw/tipos-de-embalagens-para-delivery Acessado em 16/10/2022.


Como referenciar esse post:


BRUNHARO, Marina. Além do prato: a relação da nutrição com o meio ambiente. Post 344. Nutrição Atenta. 2022

Instagram: @nutrimarinabrunharo


7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo