Boas práticas no comércio ambulante de alimentos em campus universitário da Grande Dourados - MS

Atualizado: 14 de jun. de 2021




Atualmente a busca por alimentos do tipo fast food tem sido uma alternativa viável para trabalhadores e estudantes, pois os mesmos apresentam extensas jornadas de trabalhos e tempo reduzido destinado à alimentação. Deste modo, o presente trabalho foi realizado com o intuito de avaliar as condições de higiene nos comércios ambulantes de alimentos, tanto com relação à higiene das instalações, quanto ao preparo e manipulação dos lanches e refeições vendidos por ambulantes no campus do Centro Universitário da Grande Dourados - MS. O presente estudo mostrou que nenhum comércio ambulante atingiu 100% de conformidade nos itens avaliados. Os resultados obtidos com o referido estudo permitiram concluir que os manipuladores dos comércios ambulantes não têm conhecimento dos riscos que um alimento contaminado pode causar à saúde de seus consumidores, bem como não têm consciência de que as mãos não higienizadas adequadamente podem levar a essa contaminação.


https://docs.bvsalud.org/biblioref/2017/05/833307/266-267-site-27-30.pdf


Como referenciar este post?


CINTRA, P.; GOIS, E. M. ; BRUNHARO, M. S. M. ; MOREIRA, D. O. S. . BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO NO COMÉRCIO AMBULANTE DE ALIMENTOS EM UM CAMPUS UNIVERSITÁRIO DA GRANDE DOURADOS. Higiene Alimentar, v. 31, p. 27-30, 2017.

ARTIGO PUBLICADO
.pdf
Download PDF • 438KB

5 visualizações

Posts recentes

Ver tudo