Certificações no Brasil

As normas para segurança dos alimentos e bebidas reconhecidas pela GFSI - Global Food Safety Initiative são as mais adotadas para as certificações no Brasil. A GFSI é uma organização que mantém um trabalho robusto para comparar os padrões de segurança dos alimentos em toda a cadeia produtiva e conta com um vasto grupo de importantes companhias produtoras e comercializadoras de alimentos e bebidas, como Cargill, BRF, Danone, Walmart, Pepsico, entre outras.


Dentro dessas normas para as quais o GFSI reconhece a compatibilidade em termos de requisitos para a implantação de um SGSA, temos a FSSC 22000, a BRC, a IFS e a SQF.


A FSSC 22000 não é exatamente uma norma, mas um protocolo que une duas normas, sendo uma delas a ISO 22000 sobre Sistemas de Gestão de Segurança de Alimentos que tem requisitos para qualquer organização na cadeia produtiva de alimentos e bebidas, e a outra, uma das ISO/ TS conforme segmento de atuação, que podem ser vistos na tabela abaixo:


Fonte: FOOD SAFETY BRAZIL (2021).


BRC é uma associação cujos principais membros são os varejistas da Grã-Bretanha e desde 1996 vem trabalhando na harmonização de padrões em segurança dos alimentos para suas cadeias de abastecimento, sendo defensora dos seus interesses e de seus consumidores.


Por isso, entre outras coisas, estabelece normas e regras para qualificar sua cadeia de abastecimento em todo o mundo e sua norma BRC Food vem sendo aplicada desde 2004.


IFS é uma norma aplicada nas relações clientes-fornecedores no mercado business to business, encontrando espaço diretamente com os principais varejistas no Brasil, visando apoiar a segurança da cadeia de fornecimento, e atualmente conta com 5% do market share entre as normas.


Ela teve origem na Alemanha em 2003 e começou a ser utilizada já em 2004, tendo um escopo de aplicação similar ao da BRC, portanto, encontra aplicação em alimentos e bebidas, embalagens, transporte e armazenamento, mas não encontra aplicação para fazendas, pomares, criações de animais e pesca.


SQF é outra das normas que vem sendo utilizadas no Brasil por empresas que desejam estruturar um Sistema de Gestão em Segurança dos Alimentos, e assim como a FSSC 22000, a SQF também oferece a possibilidade de uma cobertura do campo ao garfo dentro de seus escopos de atuação.


Atualmente ela representa 1% das certificações no Brasil, mas há planos audaciosos de crescimento.




Referência:

FOOD SAFETY BRAZIL Panorama das certificações em segurança dos alimentos. Disponível em: https://foodsafetybrazil.org/panorama-das-certificacoes-em-seguranca-dos-alimentos-no-brasil/). Acesso em: 28 ago. 2021.


Como referenciar este post?


CINTRA, Patricia. Certificações no Brasil. Post 116. Nutrição Atenta. 2021.

8 visualizações

Posts recentes

Ver tudo