top of page
  • Foto do escritorAnna Karlla Gabriel

Chipa com goiabada

Ingredientes ​

● 4 Ovo

● 160 g de Manteiga (8 colheres de sopa)

● 8 g de Sal (2 colher de chá)

● 800 g de Queijo muçarela ralado

● 660 g de Polvilho Doce (6 xícara)

● 300 mL Leite (20 colheres de sopa)

● 600 g de Goiabada em tiras (1 barra grande).


Obs: essa quantidade é para 4 receitas 48 unidades no total - 1 receita 12 unidades.


Modo de preparo

Massa

1. Coloque em uma tigela o ovo, a manteiga em temperatura ambiente, o sal e misture um pouco

2. Junte o polvilho doce e o queijo muçarela e mexa com as mãos Aos poucos comece a adicionar o leite até formar uma massa que solte das mãos e fique macia

3. Pegue um pouco de massa e aperte na mão, depois jogue ela para um lado e outro fazendo um rolinho que fique do tamanho da goiabada

4. Abra a massa com a ponta dos dedos fazendo um retângulo

5. Coloque a tira de goiabada dentro e feche bem

6. Modele no formato de ferradura e coloque em uma assadeira untada com manteiga ou forrada com papel manteiga

7. Leve ao forno pré aquecido a 200ºC e deixe por cerca de 20 minutos ou até começar a dourar

Bom apetite!!

Dica: Não use goiabada cascão, pois como é mais firme você não conseguirá dobrar

● Validade: 3 meses congelado cru no freezer Após assado consumir preferencialmente na hora, porém sua validade é de até 5 dias em temperatura ambiente, sendo mantida em pote bem vedado.

Orientações nutricionais:

Goiaba:

● A goiaba é uma fruta tropical rica em fibras, vitamina C, potássio e antioxidantes.

● Para pacientes com doença renal, é importante consumir goiaba com moderação devido ao seu teor de potássio. Consulte um nutricionista para determinar a quantidade adequada a ser consumida.

● Pacientes com hipertensão podem se beneficiar do potássio presente na goiaba, pois pode ajudar a controlar a pressão arterial. No entanto, o consumo deve ser monitorado, especialmente se estiverem em uma dieta restrita em potássio.

● Para pacientes com diabetes, a goiaba é uma boa opção de fruta devido ao seu baixo índice glicêmico. Ela libera açúcar no sangue de forma mais lenta, ajudando a controlar os níveis de glicose.

● A goiaba também é uma boa fonte de fibras, o que pode ajudar na digestão e no controle dos níveis de colesterol, especialmente em idosos, que podem ter problemas digestivos e de colesterol.

● Opte por consumir goiabas maduras e frescas em vez de produtos processados, como sucos industrializados, para obter todos os benefícios nutricionais.

Beijos da Nutricionista Anna Karlla Gabriel

@annakarlla.nutri


Como referenciar este post?

GABRIEL, Anna Karlla. Chipa com goiabada. Post 653. Nutrição Atenta. 2024.

8 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page