top of page
  • Foto do escritorSabrina Kaely

Colocar limão no refrigerante causa câncer?

Não! É fake!

Está vinculando nas redes sociais a falsa informação de que colocar limão no refrigerante causa câncer. Mas, essa afirmação não tem embasamento científico.


A alegação, inclusive feita nos perfis de “profissionais de saúde” citam dois estudos para dar mais “credibilidade” a notícia. Acontece que os artigos citados não mencionam estudos envolvendo seres humanos e muito menos o fato de se colocar as rodelas de limão no refrigerante.


O conteúdo falso que circula nas redes sociais afirma que ao adicionar rodelas de limão no refrigerante gera uma reação química produzindo benzeno (ou benzol), substância que causaria câncer.


No entanto, o Conselho Federal de Química publicou uma nota oficial esclarecendo os fatos. “Para que ocorra a reação de formação de benzeno a partir de benzoatos(presente no refrigerante) e do ácido ascórbico (a vitamina C do limão), seriam necessárias condições muito específicas, como presença de metais, além de temperatura elevada, incidência de luz (raios UV-A) e tempo de contato prolongado. Como o refrigerante é consumido gelado e em curto intervalo de tempo, essa reação química se torna inviável. Para deixar mais claro, a reação natural gerada, promovida em meio ácido, é a formação de ácido benzóico, que é absorvido pelo nosso organismo e é de fácil eliminação, por ser solúvel em água. Tecnicamente, o ácido benzóico não se reduziria diretamente a benzeno, ele se reduziria ao álcool benzílico. E as condições para essa redução não são encontradas no corpo humano.


Sobre os estudos que supostamente dariam o embasamento científico a essa alegação.


Um trata-se de um artigo de revisão bibliográfica, “Estudo da formação de benzeno em bebidas contendo oconservante benzoato de sódio” nele os autores apenas relatam como acontece a formação de benzeno em alguns refrigerantes, a quantidade limite permitida e análises de agencias reguladoras detectando a substância em algumas marcas de refrigerantes. Este tipo de estudo, sem metodologia clara de como a revisão foi feita e sem incluir estudos que realmente avaliaram a ingestão do refrigerante acrescido de limão na saúde das pessoas, não são considerados como melhores referências para alegar alguma coisa. O outro estudo trata-se de uma monografia no qual um dos objetivos é identificar e avaliar riscos de câncer, mesmo quando os riscos são muito baixos. Mesmo assim, o estudo não cita o consumo de refrigerante com limão como sendo potencial risco de causar câncer em humanos.


O alerta que fica é que nem sempre notícias fundamentadas em artigos científicos devem ser tidas como verdade absoluta. Antes de vincular qualquer matéria, o profissional de saúde deve ter senso crítico e responsabilidade, pois este tipo de “informação” pode causar desinformação e estresse desnecessário na população.

 

Fontes:

CONSELHO FEDERAL DE QUÍMICA. Nota oficial: vídeos que associam refrigerante com limão à substância cancerígena são fake News. Disponível em: < https://cfq.org.br/noticia/nota-oficial-boato-que-associa-refrigerante-com-limao-a-substancia-cancerigena-e-fake-news/>. Acesso em 26/04/2024

GUILERMINO, L. M.; CHASIN, A. A. M. Estudos da formação de benzeno em bebidas contendo o conservante benzoato de sódio. Revista Acadêmica Oswaldo Cruz, v.1, n 1, 2014.

IARC Monographs on the evaluation of carcinogenic risckto humans; volume 120. Disponível em <https://publications.iarc.fr/Book-And-Report-Series/Iarc-Monographs-On-The-Identification-Of-Carcinogenic-Hazards-To-Humans/Benzene-2018>. Acesso em 26/04/2024.


Como referenciar este post?

MACHIAVELLI, Sabrina Kaely. Colocar limão no refrigerante causa câncer?Post 631. Nutrição Atenta. 2024.

Instagram: @nutricionistasabrinakaely

20 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page