top of page

Comer insetos: Só para programas de desafio ou uma realidade?


O que você acha de uma boa porção de insetos para o jantar? Parece algo bem distante da nossa realidade, não é mesmo? Porém, pode ser que esta tendência aconteça um pouco antes do que imaginávamos. Para a grande maioria de nós brasileiros, consumir insetos pode causar repulsa, entretanto eles já fazem parte a um bom tempo da dieta básica entre muitas culturas na Ásia e na África do Sul.


Em 2019 foi publicado no The Journal of Nutition, que devido ao crescimento populacional, hoje somos 8 bilhões no planeta, e o impacto ambiental causado para produzir alimentos para toda essa gente, é necessário que outros alimentos fontes de proteína de alta qualidade seja necessário. O autor Andrew M. Salter argumenta que os insetos podem ser uma boa solução devido aos ricos aminoácidos indispensáveis que possuem, podendo esta ser uma boa alternativa de proteína de alta qualidade vegetal.

Além do valor nutritivo dos insetos, a sua produção, assim como seus derivados, por exemplo, farinha feita de larvas de um escaravelho na Europa, tentem a ser mais ecologicamente correta e sustentável em comparação com os produtos tradicionais de carne bovina e frango.


A America Society for Nutrition tem promovido pesquisas sobre o valor nutricional dos insetos, em 2021 foi publicado um estudo controlado randomizado duplo-cego, que procurou determinar como a proteína de insetos, especificamente a proteína derivada da larva de um besouro afetaria a síntese de proteínas musculares pós-prandial entre seres humanos em comparação com a proteína do leite de vaca. Vinte e quatro homens saudáveis com a média de 23 anos, foram divididos aleatoriamente em um grupo experimental e um grupo controle. Os doze homens do grupo experimental ingeriram 30 gramas da farinha de inseto após o exercício, enquanto os doze do grupo controle consumiram uma quantidade igual de proteína do leite de vaca.


Através da coleta de amostras de sangue e músculos, os autores determinaram que, tanto a farinha de inseto, quanto a proteína do leite tem rápida digestão e absorção de aminoácidos. A partir destes resultados os autores concluíram que os insetos podem fornecer uma fonte de proteína viável e de alta qualidade para o consumo humano (doi.org/10.1093/ajcn/nqab115).


REFERÊNCIAS

AMERICA SOCIETY FOR NUTRITION. Insects for dinner? Disponível em: <https://nutrition.org/insects-for-dinner/>.Acesso em 25/11/2022

HERMANS, et al. Insects are a viable protein source for human consumption: from insect protein digestion to postprandial muscle protein synthesis in vivo in humans: a double-blind randomized trial, The American Journal of Clinical Nutrition, Volume 114, Issue 3, September 2021, Pages 934–944, https://doi.org/10.1093/ajcn/nqab115


Como referenciar este post?


MACHIAVELLI, Sabrina. Comer insetos: Só para programas de desafio ou uma realidade?. Post 369. Nutrição Atenta. 2022.

Instagram: @nutricionistasabrinakaely

6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page