NÍVEIS BAIXOS DE VITAMINA D PODEM AUMENTAR AS CHANCES DE DESENVOLVER DEMÊNCIA?

Atualizado: 23 de out.


Um estudo publicado em 22 de abril de 2022 pelo The American Journal of Clinical Nutrition sugere que a deficiência de vitamina D pode aumentar o risco de demência e derrame.


O estudo analisou mais de 294.000 pessoas (a maioria mulheres com mais de 60 anos) que vivem no Reino Unido os pesquisadores procuraram associações entre os níveis de vitamina D e os riscos de demência e derrame. Um nível normal de vitamina D no sangue foi definido como pelo menos 50 nanomoles por litro (nmol/L); uma deficiência foi definida como inferior a 25 nmol/L.


Níveis baixos de vitamina D foram associados a um risco aumentado de demência e acidente vascular cerebral nos 11 anos seguintes. Com base neste estudo observacional, descobriu-se que pessoas com baixos níveis de vitamina D têm uma chance 54% maior de desenvolver demência em comparação com pessoas cujos níveis eram normais. Os pesquisadores reconheceram que esses resultados não provam que tomar vitamina D extra, mesmo se você tiver um nível baixo de sangue, pode prevenir demência ou acidente vascular cerebral.


Entretanto, quero destacar que a vitamina D exerce papel muito importante para a nossa saúde, a exposição solar é a melhor fonte desta vitamina. Aqui no blog já publicamos uma matéria que explica de forma sucinta como o sol no fornece esta vitamina, sua biodisponibilidade e recomendações, vale a pena conferir a matéria acessando o link a seguir. https://www.nutricaoatenta.com/post/como-o-sol-fornece-vitamina-d.


Referência:

Low vitamin D levels may increase odds of dementia. Disponível em: <https://www.health.harvard.edu/mind-and-mood/low-vitamin-d-levels-may-increase-odds-of-dementia>. Acesso em: 11 out. 2022


Como referenciar este post?


MACHIAVELLI, Sabrina. NÍVEIS BAIXOS DE VITAMINA D PODEM AUMENTAR AS CHANCES DE DESENVOLVER DEMÊNCIA. Post 342. Nutrição Atenta. 2022.


Instagram: @nutricionistasabrinakaely

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo