SUPLEMENTAÇÃO NUTRICIONAL NA ATIVIDADE FÍSICA: TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER.


Uma nutrição adequada é fundamental para atletas e praticantes de atividade física, contribuindo essencialmente para a desenvolvimento, performance, melhora da composição corpórea, entre outros objetivos destes indivíduos. Os suplementos dietéticos/nutricionais também podem dar uma contribuição para estes programas de nutrição.


Antes de iniciarmos, devemos primeiramente entender o significado da palavra ‘SUPLEMENTO’

“Aquilo que supre; o que serve para suprir alguma falta”.


Então, como o próprio nome já diz, o suplemento alimentar é para suplementarmos alguma falta na dieta, não devendo assim compensar escolhas alimentares ruins e uma dieta inadequada. Existem milhares de suplementos nutricionais no mercado e muitas afirmações que fazem esses suplementos parecerem atraentes para interessados ​​em desempenho, recuperação, controle de peso, construção muscular, etc. Esses benefícios potenciais dos suplementos recebem muita atenção, mas embora os suplementos possam , em alguns casos, fornecem uma vantagem, também existem riscos associados ao uso, além de despesas desnecessárias com uma venda de uma promessa que muitas vezes é ilusória atreladas a estes produtos.


Os suplementos nutricionais podem conter uma ou mais, ou uma combinação de vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos graxos, enzimas, probióticos e outras substâncias bioativas. No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), regulamenta e aprova suplementos nutricionais. Os suplementos dietéticos abrangem uma ampla gama de produtos, incluindo nutrientes essenciais (vitaminas, minerais, proteínas, aminoácidos, etc), ervas e botânicos, e produtos específicos com suposto potencial para manutenção da saúde e otimização de desempenho. O uso de suplementos dietéticos é comum entre atletas de elite, assim como na população em geral, praticantes ou não de diversas atividades físicas.


Os produtos descritos como suplementos visam questões diferentes, incluindo o gerenciamento de deficiências de micronutrientes, fornecimento de formas convenientes de energia e macronutrientes e fornecimento de benefícios diretos ao desempenho ou benefícios indiretos, como suporte a regimes de treinamento.


O uso apropriado de alguns suplementos pode oferecer benefícios, mas outros podem ser prejudiciais à saúde, desempenho e / ou subsistência e reputação de atletas se resultar em uma violação da regra antidoping (muito comum ao risco de ingestão de substâncias proibidas às vezes presentes como contaminantes).


Recomenda-se fazer uma análise cuidadosa de risco-benefício ou custo-benefício antes de usar um suplemento nutricional. Isso significa: compreender os benefícios potenciais e as evidências científicas de que o suplemento pode de fato (ou não) ter os efeitos alegados, legal e eficaz e que tais suplementos sejam testados exaustivamente pelo indivíduo antes de se comprometerem a usar em um ambiente de competição. Por custo não entendemos apenas custos financeiros, mas também o fato de que um suplemento pode ter efeitos negativos no desempenho ou na saúde. Um risco também pode significar que o suplemento não contém o que deveria. Talvez haja menos ingrediente efetivo ou muito ingrediente ativo. Algo que também é fundamental analisarmos, é que determinado suplemento pode melhorar décimos na performance de um nadador de elite (podendo ser diferencial do pódio), será que um individuo comum terá benefício no consumo do determinado suplemento? Custo é efetivo? Ou seria melhor investir em outros fatores, como a alimentação.


A Comissão Médica e Científica do Comitê Olímpico Internacional (COI) reuniu um painel de especialistas em seus escritórios em Lausanne, Suíça, para discutir o lugar dos suplementos dietéticos na estratégia nutricional do atleta de alto desempenho, reunindo os maiores pesquisadores do mundo das áreas da nutrição, dietética, fisiologia, farmácia, medicina e antidoping. Neste documento e em outros consensos de Sociedades internacionais de Nutrição esportiva dão respaldo científico que há cinco suplementos efetivos (cafeína, creatina, nitrato, β-alanina e bicarbonato de sódio), os benefícios variam de acordo com o tipo de atividade, o cenário específico de uso e os objetivos e capacidade de resposta do atleta individual.


As evidências indicaram recomendações diárias para suplementos preparados com as proteínas do soro do leite, carboidratos, creatina, cafeína, bicarbonato de sódio, betaalanina, nitrato. Indicaram as principais relações com modulação da composição corporal e melhora da performance, tanto em atividades aeróbicas quanto em anaeróbicas.

Uma avaliação nutricional abrangente é o primeiro passo para aconselhar os pacientes sobre estratégias dietéticas ou usos de suplementos. Uma avaliação completa deve incluir avaliação dietética, análise da composição corporal, testes bioquímicos, exame clínico com foco em nutrição e histórico de saúde e desempenho do paciente.


Temos milhares de produtos alegando efeitos extraordinários, com lançamentos de ‘novas substâncias’ quase que diariamente com novidades com um potencial efeito ainda melhor que o anterior. Estratégias de marketing, efeito placebo, celebridades fitness ou até atletas de elite em campanhas publicitárias levam ao consumo de forma irregular, gastos desnecessários e um grande risco a saúde.


Procurar um profissional especialista para uma melhor orientação, com a especificidade de cada indivíduo, começando sempre pelo básico, estruturando tudo, alimentação e treinos adequados, para depois aprofundar os detalhes, suprindo o que te falta.


Silva et al. Dietary supplements for physical performance and body composition: evidence-based approaches Brazilian Journal of Health Review, Curitiba, v.4, n.2, p. 7304-7318 mar./apr. 2021.


Naderi et al. Timing, Optimal Dose and Intake Duration of Dietary Supplements with Evidence-Based Use in Sports Nutrition. Int J Sport Nutr Exerc Metab 2016 Dec 31;20(4):1-12.


Maughan et al. IOC Consensus Statement: Dietary Supplements and the High-Performance Athlete. Int J Sport Nutr Exerc Metab 2018 Mar 1;28(2):104-125.


Peeling et al. Sports Foods and Dietary Supplements for Optimal Function and Performance Enhancement in Track-and-Field Athletes. Int J Sport Nutr Exerc Metab. 2019 Mar 1;29(2):198-209.


Peeling et al. Evidence-Based Supplements for the Enhancement of Athletic Performance. Int J Sport Nutr Exerc Metab 2018 Mar 1;28(2):178-187.


Como referenciar este post?


NERES, Antonio. Suplementação nutricional na atividade física: Tudo que você precisa saber. Post 196. Nutrição Atenta. 2021.

Instagram: @neresnutri



31 visualizações

Posts recentes

Ver tudo