Você sabia que a medida caseira influencia no planejamento do seu plano alimentar?

Atualizado: 17 de jun. de 2021


A proposta deste estudo foi atualizar e analisar os cálculos das medidas caseiras das porções alimentares (pequena, média e grande), que compõem a dieta da população brasileira. Trata-se de uma pesquisa descritiva, onde foi investigada a medida caseira de 372 alimentos divididos em 13 grupos alimentares. Durante a revisão das medidas caseiras, percebeu-se divergência entre a categorização dos grupos alimentares e erro na quantidade das medidas caseiras. Essas divergências foram corrigidas obedecendo à categorização organizada pelas autoras e para as quantificações foram usadas às tabelas TBCA (2020) e o aplicativo Desrotulando (2020). Comparando as medidas caseiras propostas com as tabelas já existentes, houve confronto de tamanho, peso, quantidade, denominação, informação dos ingredientes e especificidade na descrição do alimento. Isso significa que nem sempre os alimentos semelhantes apresentarão os mesmos valores de nutrientes. Pode-se sugerir que as informações contidas nas tabelas de composição de alimentos são muito amplas. Foi averiguado que muitos produtos não constam nas tabelas e aqueles que constam não possuem uma descrição detalhada da medida caseira e que são poucos os materiais que incluem as medidas caseiras em trabalhos que apresentam o estudo da porção do alimento. A revisão das medidas caseiras dos alimentos foi de extrema importância, pois avaliar o consumo alimentar de uma população é uma das maiores dificuldades da terapêutica nutricional.


Como referenciar este post?


MAMEDES, Ângela Ribeiro do Prado,; MASSULO, Andreia de Oliveira.; POSSIK, Priscila Abrão.; CUSTÓDIO, Jeniffer Michelline de Oliveira, CINTRA, Patricia. Investigação das medidas caseiras de alimentos que compõem a dieta da população brasileira. Brazilian Journal of Health Review. Curitiba, v.4, n.3, p. 11228-11243 may./jun. 2021. DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-126. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/30239. Acesso em: 25 maio. 2021.

artigo publicado
.pdf
Download PDF • 398KB

8 visualizações

Posts recentes

Ver tudo