Leptina e Grelina x Distúrbios do sono


A leptina é um hormônio proteico secretado pelas células do adipócito. Esse hormônio é responsável pela INGESTÃO ALIMENTAR, atuando em células neuronais do hipotálamo no sistema nervoso central.


Quando há privação do sono, a secreção de leptina pelos adipócitos diminui, refletindo em menores níveis de leptina circulante. Como consequência o hipotálamo faz que haja um descompasso na relação saciedade/fome, causando aumento de massa corporal, pois há preferência pela ingestão de alimentos mais calóricos e ricos em carboidratos.


A grelina é um hormônio proteico secretado em alguns tecidos com destaque para a mucosa gástrica e o hipotálamo. A grelina exerce uma ação estimulante da fome.


Quando há privação do sono, a secreção de grelina aumenta no estômago, refletindo em maiores níveis de grelina circulante. Como consequência o hipotálamo faz que haja um descompasso na relação saciedade/fome, causando aumento de massa corporal, pois há preferência pela ingestão de alimentos mais calóricos e ricos em carboidratos.



É um hormônio peptídico estimulado quando o estômago está vazio

Referência:


DOUGLAS, C.R. Fisiologia aplicada à nutrição. 2 ed. São Paulo: Guanabara Koogan, 2006. 1074p.


Como referenciar este post?


TEODORO, Lucas Arcanjo.; CINTRA, Patricia. Leptina e Grelina x Distúrbios do sono. Post 136. Nutrição Atenta. 2021

22 visualizações

Posts recentes

Ver tudo